Presença de negros na publicidade e tema de Curso da ESPM Rio

Por Neide Diniz

Quem nunca viu frases como: “a publicidade é que o negócio” ou “quem não é visto não é lembrado”. Algumas campanhas publicitárias marcam época, gerações e até estimulam, ousadamente, criam comportamentos. Quem não tem um mercado preferido ou não, ache interessante? Resposta rápida: qual é o seu? E uma pergunta para: nele há uma participação de negros? Ao passar por uma banca de jornal, como você descreve o perfil que estampa como capa de revista? Como escolher um produto ou serviço em detrimento como mais variadas opções?

O curso de extensão “Me Representa! Marcas e Representatividade da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) do Rio Pensamento sobre estas questões. E, também, vai lançar uma herança africana na formação do país e os impactos desta relação na construção da imagem do negro na memória social. Para Luciana Cruz, coordenadora de criação da ESPM, obteve um grande volume de comunicação com uma parcela da população que representava 54% dos brasileiros, segundo dados de 2015 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). “Não estamos falando de uma minoria, mas sim de uma maioria que, infelizmente, é tratada com uma minoria” , ressalta Luciana.

Além de tratar de questões históricas e sociais conduzidas por temas que ainda precisam ser discutidos – e superados – como o racismo, o corpo docente do curso é formado por professores negros. A coordenadora explica que é um diferencial importante na imersão da vivência dos problemas raciais. “A ausência do negro nos postos de trabalho nas agências também reflete na invisibilidade desta identidade nas peças publicitárias”, aponta Mônica Francisco, pesquisadora, consultora da ONG Asplande e uma das professora do curso. E Jana Guinond, atriz e pedagoga, que também vai ministrar as aulas, sintetiza o intuito do curso: “precisamos de uma publicidade mais humanizada e de empresas preocupadas com um mundo melhor, queremos mais trocas e diálogos”.

O curso é indicado para alunos do ensino superior, profissionais de comunicação, agências ou interessados no assunto. A data prevista para o início é dia 23 de março. Mais informações, click e sabia mais: Curso: “Me Representa! Marcas e Representatividade

46 thoughts on “Presença de negros na publicidade e tema de Curso da ESPM Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *